Gostou de algo no Blog?

Dê os créditos, todos os textos possuem o autor do mesmo no fim da postagem, os que não possuem são de minha autoria.
Não deixe de citar o autor. Diga não ao plágio.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Kairós.


Há alguns dias tive um sonho, buscava desesperadamente saber qual era a hora certa e todos o meus relógios quebravam, era só tocar neles para que eles explodissem, rachassem ou caísse e quebrassem. Lembro que no sonho ficava irritada com a situação, indignada e perguntando o porquê daquilo.
Quando acordei parei para refletir sobre o sonho e percebi que o relógio de Deus não tem ponteiro e nem números, o relógio de Deus tem sorrisos e lágrimas, encontros e desencontros, morte e vida, saúde e doença e vários outros momentos, como está escrito no livro da Bíblia eclesiastes, no capítulo três. É por isso que é tão difícil esperar, nós queremos algo concreto, visível aos olhos, algo real, se possível tocável; nós queremos a hora certa, o momento certo é muito relativo e isso nos amedronta e por vezes nos entristece.
Então eu decidi parar de olhar para o meu relógio, comecei a tentar entender qual é o momento da minha vida e vive-lo, por que certamente vai chegar o tempo de ter aquilo que quero, então, só me resta esperar.


A paz de Jah!
;*

4 comentários:

Susan Berchot disse...

Lindo texto, e é isso mesmo "o tempo de Deus" não é como o nosso tempo, temos que deixar nas mãos dEle porque Ele sabe o que é bom para nós e qual o momento certo de receber nossas bençãos ! Abraços !

jaqlinegsus disse...

Muito bonito seu texto.
Poucas pessoas interpretariam um sonho dessa maneira.
Que bom que ainda existem pessoas que sabem enxergar além.
ps: obrigada por seguir meu blog :)

beijos

Guilherme Lombardi disse...

muito boa a interpretação do sonho, bem escrito o texto, parabéns!

Naty Pitkowski disse...

Obrigada pessoas =) Que bom que gostaram... sejam sempre bem-vindos \o/