Gostou de algo no Blog?

Dê os créditos, todos os textos possuem o autor do mesmo no fim da postagem, os que não possuem são de minha autoria.
Não deixe de citar o autor. Diga não ao plágio.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Meio lá e cá, meio lugar nenhum.

Eu meio que tô curtindo uma vibe meio que involuntária de amores inventados, praticando o imaginar, esperando ele voltar (ou chegar, sei lá) e confesso: odiando meio que tudo isso!
Meio que me meto em buracos que não quero entrar e que se tornam embaraçosos de sair, e até quando não entro em lugar nenhum me parece meio que eles entram dentro de mim.
É uma confusão que meio que me dá um nó que dá até dó.
Mas é que sou metade e tô tentando ser inteira, talvez por querer demais tento me colar na banda errada.

Que possamos nos colar na banda certa!
Mais uma pra ela. Mas uma pra nós. ;*
A Paz de Jah!
;*

8 comentários:

Thaíla disse...

Tu deixa eu te amar muito fácil, Naty.. hahaha.

As bandas certas sempre vem. Sempre vem. Enquanto não, a gente deixa o coração tique-taqueando pra ver se acontece de ponteiros se encontrarem. Sejá lá o que isso signifique.

Minha perdida. Nós tão perdidas. Um beijo.

Felipe Glauber disse...

De pessoas como vc e de palavras como as suas é que o mundo deveria se encher.

Luna Sanchez disse...

Até do caos pode sair um texto gostoso desses...que bom!

Um beijo, flor!

Jani ♥ disse...

Oi Natália. Então, seremos parceiras de agora em diante, também gostei do seu espaço. Sabe que odeio também essa espera dele ir e vir. Li uma vez que eles são como elástico que as vezes estão longe e as vezes perto, mas nossas emoções de mulher não aceitam isso, enfim, vamos lá que os discursos nos aguardam!! Bjoss

Long Haired Lady disse...

não fica ansiosa que tudo acontece, sem pressa. nessas coisas sempre a pressa é inimiga da perfeição...

Frido disse...

Acho que o erro da gente é querer encontrar essa outra metade fora da gente, perspectivando em outra pessoa esperando que ela nos complete e nos deixe inteira... Isso nunca rola, e só nos faz frustrar!

Vanessa Goara disse...

Oow linda,
obrigada por visitar meu blog.
Te confessar que eu morro de ciúmes de tu com a Thaila viu!
kkkkkkkkkkkkkkkk... mas acho que tá passando. Agora a frase certa seria "morria", rsrsrsrsrs...

É bem aquilo que vc falou: nós três estamos no mesmo barco. E te falo o que ela me disse: vamo remaaar!
rsrsrsrsr... e eu respondo: vamo sim.Um dia estaresmo num Iate vendo o barquinho de longe!

entendeu alguma coisa? O.o
axo que sim né?!

Beijão!

Yvila Nayane disse...

Precisamos demais de uma bandinha certa.. as erradas as vezes colam torto, e incomoda aqui, machuca aculá, é um desencaixe doido, q as vezes faz cócegas, mas logo em seguida dá uma alergia..
é "viver, vivendo" e tentando se encaixar perfeitamente com o acaso q casa facil com a gente.

Tuas palavrinhas dentro do meu coração amiga liiinda *-*

a garota fala bem demaaais >.<