Gostou de algo no Blog?

Dê os créditos, todos os textos possuem o autor do mesmo no fim da postagem, os que não possuem são de minha autoria.
Não deixe de citar o autor. Diga não ao plágio.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Alguma coisa sobre mim...



Eu não tenho medo do escuro, mas não gosto de ficar sozinha nele.
Eu gosto de morder o canudinho quando tô bebendo algo.
Odeio esperar. Logo, amo pessoas pontuais.
Gosto sim de ficar olhando pela janela do carro, ainda que meus amigos me chamem de poodle por conta disso, acho até engraçado às vezes.
Se deixar passo horas calada olhando pro mar e ouvindo o barulho das ondas.
Tenho segredos que nunca contei a ninguém, mas acho que todo mundo tem.
Gosto muito da amizade dos homens, sempre fui meio moleca mesmo.
Tenho um baú onde guardo recordações de momentos e pessoas do meu passado, ás vezes passo horas olhando e lendo e não me desfaço dele por ninguém.
Eu costumo desligar de vez em quando, o que é bem engraçado porque de repente começo a olhar pro nada e fico viajando e todo mundo começa a olhar pra onde estou olhando pensando que é alguma coisa.
Quando eu era criança lutava com as ondas do mar e dizia que era a Power Ranger rosa.
Adoro escrever recadinhos em post-it e dá para as pessoas que gosto.
Em geral sou péssima ouvinte, menos quando amigos precisam desabafar.
Não sei dormir de rede, embora em tardes chuvosas sempre diga que quero dormir em uma, é só vontade mesmo.
Amo lírios. Sabe, aqueles branco com rosa, mas tenho um pouco de alergia á flores. Bem pouco.
Um dia eu quero morar na praia.
Coloquei um brinco na orelha da minha cachorra quando tinha 6 anos.
Odeio quando me decifram, quando conhecem meu ponto fraco, quando sabem o que fazer pra me tirar do sério e principalmente quando usam tudo isso contra mim de propósito. Definitivamente odeio me sentir vunerável.
Sou um pouco autoritária ás vezes, gosto muito das coisas do meu jeito, mas estou aprendendo a ceder também.
Sou carinhosa.
Tenho alergia a atum enlatado no molho de tomate. É, só esse com molho de tomate. Vai saber, neh?
Não gosto de ler pelo computador, provavelmente não leria esse texto se não fosse meu.
Durmo com um cachorro de pelúcia que chama Jack e odeio quando vou dormir fora e por motivos de diginidade não o levo. Faz falta.
Não sou tão durona quanto digo e nem um pouco confiável em relação aos meus próprios sentimentos, nunca confio em mim mesma quando acho que estou apaixonada. Primeiro penso que sinto, só depois descubro se era ou não verdade. Então, nunca acredite em mim logo de cara.
Um dia quero pular de paraquedas e nadar com tartarugas.
O nome da minha filha vai ser Ana Liz, mas tenho dúvidas se coloco com S ou Z no final.
Eu sou inconstante e talvez daqui algum tempo esse texto já nem seja algo tão assim, sobre mim.
Mas uma coisa é certa, sou a pessoa da foto, até o tempo me arrastar desse agora.







A Paz de Jah!
;*

7 comentários:

Yvila Nayane disse...

Tenho medo do escuro, logo não gosto de ficar nele (saio correndo sempre).
Odeio dividir refri ctg, todos entendem.
Odeio esperar, mas sempre faço esperarem por mim (ñ é proposital prometo!).
Meu cabelo é enrolado, logo nao posso ficar com vento no rosto, mesmo pq fico espirrando.
Olhar pro mar e escutar o barulho das ondas me faz refletir bastante.
Segredos, se + de 1 pessoa sabe já nao é segredo, entao alguns não devem ser ditos.
Homens são mais sinceros, embora sejam mais confusos muitas vezes (se é que me entende).
Sempre perco papéis, acho q é pra não 'sofrer' com as lembranças.
Desligar as vezes é necessario.
Sempre me passava pela power ranger rosa.
Eu tenho um recadinho teu na minha bíblia. *-*
Sempre me escuta quando preciso.
Não entendo essa parte.
Eu gosto de copo de leite, mas tb sou alergica a flores.
Nunca me deixaram ter animal de estimação (revolto-me até hj).
Sou fácil de decifrar, mas odeio qnd usam o conhecimento de mim contra mim.
Tb sou um pouco autoritária, mas o pior é minha mania de corrigir as pessoas.
Sou carinhosa, mas não gosto de melosidade (só qnd namoro, todos entendem).
Aprendi a gostar de atum por tua causa.
Não gosto de ler pelo computador, provavelmente não leria esse texto se nao fosse TEU.
Não posso dormir com nenhuma pelúcia, sou alérgica, mas já presenciei sua dignidade em risco.
Sou frágil, confusa em relação a sentimentos, detesto quando confundem carinho com amor.
Me chama pra ir contigo pular de paraquedas? infelizmente nao me convido pro mergulho, não sei nadar.
Me escalo pra ser madrinha da tua filha, e torço pra ela ter o olho azul (vc entendeu).
Somos inconstantes, talvez por isso passamos a nos entender só com o olhar.
Mas uma coisa é certa, sou amiga dessa pessoa aí da foto, me orgulho disso, até o tempo te arrastar do agora, mas acho que ele me arrasta junto.

AMO VC!!

Naty Pitkowski disse...

Que Lindo, BRASIL.
Para amiga, que morri viu!
*-*
Te amoooooooo demais.
<3

Felipe Glauber disse...

Eh engracado, eu escrevi e apaguei 15 vezes um comentario, procurando a melhor forma de dizer que gostei --' Que coisa!

Recado dado..

Thaíla disse...

Não dá pra ignorar o quanto eu me identifico, o quanto é estranho reconhecer o que também é meu em você, o quanto que eu gosto de ti, de sentir que eu fico aqui morando em cada palavra e que tu é linda e fantástica!

Um milhão e meio de beijos =****

Marcelle Silva disse...

Perfeito!!! Eu só li esse texto pq é teu tbm, viu?! hsuahusuasuhas

Adooooro vc!!!

Luna Sanchez disse...

Que texto lindo, Naty!

Hoje vou abrir uma exceção e deixar meu amigo Vinícius (de Moraes) comentar no meu lugar. Ele vai dizer porque nós, ele e eu, gostamos tanto de ti :

"...Porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor."

^.^

Beijos mil!

Naty Pitkowski disse...

VocÊs são umas lindas >.<


THAILA: Eu amo me encontrar nas tuas palavras tb, acho tudo bem lindo essa de verso, rima e um pouca da nossa vida ;D

MARCELLE: Tu é uma fofa ;P Sua perdida ;*

LUNA: Flor é você! E ainda é diva! hahahaha Obrigada pelos comentários sempre cheios de carinho <3