Gostou de algo no Blog?

Dê os créditos, todos os textos possuem o autor do mesmo no fim da postagem, os que não possuem são de minha autoria.
Não deixe de citar o autor. Diga não ao plágio.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

E olha eu aqui de novo falando de amor. Sou mesmo um clichê. ;)


Eu cansei de pensar no amor e do que espero dele.
Eu só quero que ele chegue e se achegue. Aconchegue.
Quero que ele traga a saudade de saber que vou sentir o cheiro, o toque e o sabor mais tarde.
E que no final do dia, num domingo de calmaria, um fechar e abrir de olhos lentamente diga mais que um 'eu te amo', que dito se perde no tempo.

Vem amor. Mas vem depressa.



A Paz de Jah!
;*





5 comentários:

Luna Sanchez disse...

E eu quero que chegue esse amor assim pra ti, bem assim, mansinho e quente, pra encaixar no teu aconchego.

^.^

Guria linda da Tia Luna!!! Vivo de orgulho!

Beijos, querideza!

Naty Pitkowski disse...

Onde curte teu comentário? rsrsrsrsrsrs Seu linda ;**

Yvila Nayane disse...

"Você, como qualquer ser humano, precisa de amor — e como ser humano legal e especialíssimo, merece amor de uma pessoa bonita." o mestre CFA *-*

Sua linda, te desejo muito amor, amor de quem possa superar suas expectativas, amor de quem possa te dar além do que você merece, amor de quem possa ser amor na sua vida ;D

Luna Sanchez disse...

BelMendes disse...

também quero que o amor venha depressa
http://saiadeflorbm.blogspot.com/